Juntos somos mais fortes!

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o Sebrae, estima que aproximadamente 105 mil vagas de emprego serão abertas no país até dezembro. Esse número é próximo ao de 2019, período pré-pandemia.

Os setores varejista e de serviços estão se preparando para o principal período de vendas com a contratação de novos profissionais. Com o avanço da vacinação, o pleno funcionamento do comércio e a retomada dos serviços trazem esperança para empresários e desempregados, que sonham com uma oportunidade de trabalho.

De acordo com o levantamento, 69% dos empresários que pretendem contratar funcionários afirmam querer suprir a demanda que normalmente aumenta nesse período, uma redução de 19 pontos percentuais em relação a 2019, enquanto 14% preferem investir na qualidade dos serviços. 

“Antecipar-se às comemorações com novas contratações é um sinal de confiança na retomada das vendas, uma vez que após o auge da pandemia inúmeras empresas tiveram que dispensar seus colaboradores para reduzir seus custos”, analisa o presidente da CNDL, José César da Costa.

“Apesar de cauteloso, o empresário sabe que o final do ano é sempre um momento de aumento nas vendas e as empresas precisam estar preparadas para essa demanda”, afirma José César.

Há também a porcentagem de empresários que não vão realizar contratações, os motivos são os mais diversos: 40% não acreditam que haverá um aumento significativo da demanda que justifique as contratações; 25% não possuem verba para contratações; 15% dizem que os encargos trabalhistas são muito altos; e 13% estão inseguros pelo histórico de vendas deste ano não ter sido bom, inclusive nas datas comemorativas. A maioria dos empresários planeja contratações temporárias, sem carteira assinada.

Fonte: Sistema CNDL

#

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.