Foto: Varejo S/A

Os serviços de carros por assinatura são uma nova modalidade de aluguel de carro, com contratos que podem chegar a 48 meses. É um tipo de serviço que tem crescido no país, mas ainda desconhecido pela maior parte da população brasileira. Levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo SPC Brasil, em parceria com o Sebrae, constatou que 32% conhecem esse sistema de carro por assinatura, ao menos de ouvir falar. A maioria, no entanto, ainda desconhece: 68%.

Confira a pesquisa completa.

Considerando a parcela da população que conhece esse serviço, apenas 14% já utilizou ou utiliza esse tipo de serviço, ante 86% que, apesar de conhecer, ainda não optou por assinar um carro.

Entre os usuários do serviço de carro por assinatura, a vantagem mais citada foi o preço e o benefício financeiro, mencionado por 34%. A segunda vantagem mais citada foi o não pagamento de seguro (31%). Em seguida, apareceram a despreocupação com despesas de manutenção (29%); a percepção de que é mais acessível contratar do que comprar (26%). A depreciação do carro, isto é, a perda de valor ao longo do tempo, foi lembrada por 26%, além da despreocupação com o pagamento de impostos (17%), da possibilidade de trocar o carro com frequência (14%). Para 14%, essa é a melhor forma de ter um carro (14%).

“A comodidade oferecida por esse serviço tem um custo, que pode ser compensado pelo benefício de não ter preocupações e pode ser vantajoso para quem opta por trocar o carro com frequência, incorrendo várias vezes nos mesmos custos de transação”, destaca o presidente da CNDL, José César da Costa.

Entre os assinantes de carros, nota média atribuída ao serviço foi de 7,9
Considerando uma escala de zero a 10, em que zero significa nada satisfeito e 10 significa muito satisfeito, os usuários desse tipo de serviço avaliaram de forma satisfatória a assinatura de carros. A nota média foi de 7,9, sendo que 40% atribuíram uma nota entre 9 e 10, 37% atribuíram uma nota entre 7 e 8, e 23% atribuíram uma nota entre 0 e 6.

Os contratantes também atribuíram uma nota para a chance de recomendarem a assinatura de carro a algum amigo ou parente. Confirmando a satisfação com o serviço, a nota média foi de 8,1, sendo que 43% atribuíram nota entre 9 e 10 e 40% atribuíram nota entre 7 e 8.

Para aqueles que conhecem os carros por assinatura, mas não utilizam esse serviço, 47% afirmaram que preferem ter um carro próprio. Para 37%, a opção de contratar um carro por assinatura não se mostra financeiramente viável. Além desses, 18% não consideram o serviço confiável e 15% acham que há poucas opções no mercado.

Apesar dessas desvantagens, 37% considerariam utilizar um carro por assinatura no futuro, ante 54% que não chegam nem a considerar; 9% afirmaram não saber se utilizariam o serviço.

“Embora o serviço seja pouco conhecido e usado, a pesquisa mostra que existe um nicho bem satisfeito com o serviço. Também há disposição entre uma parcela dos que não utilizam esse serviço para, eventualmente, utilizar”, afirma Costa.

Fonte: Varejo S/A

#

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.