Juntos somos mais fortes!

Uma pesquisa realizada pela CNDL/SPC Brasil apontou que 72% dos brasileiros devem ir às compras no Dia das Crianças, movimentando a economia em aproximadamente R$10,93 bilhões. Esta pesquisa reforça uma tendência de recuperação gradual no varejo.

A expectativa de gasto do consumidor é cautelosa, estima-se que o valor médio para os presentes seja de R$ 200. De acordo com o levantamento, entre os entrevistados que vão comprar presentes, mais de um terço (36%) pretende gastar o mesmo valor que no ano passado e 31% têm a intenção de gastar menos. Já 23% pretendem gastar mais do que no Dia das Crianças de 2020. Bonecas/bonecos (41%), roupas e /ou calçados (35%), jogos de tabuleiro/educativos (32%) e avião/carrinho de brinquedo (20%) serão os presentes mais procurados.

A internet será o principal local de compra (32%) pelo segundo ano consecutivo da pesquisa, seguida pelo shopping center (33%) e lojas de rua/bairro (23%). Entre os que realizarão as compras pela internet, 79% devem utilizar os sites, 70% os aplicativos e 20% o Instagram. O levantamento aponta ainda que os fatores que mais influenciam os consumidores na escolha do estabelecimento que pretendem comprar são: preço (69%), localização (46%), e diversidade de produtos (43%). Já os principais fatores considerados na hora da compra do(s) presente(s) são: qualidade do presente (25%), o preço (18%), as promoções e descontos (16%) e o desejo do presenteado (16%)

A maioria pagará os produtos à vista (82%) e 38% planejam pagar parcelado. As principais formas de pagamento são: dinheiro (45%), cartão de débito (38%) e cartão de crédito parcelado (36%). Entre os que irão dividir o pagamento das compras, o número médio de parcelas será de 4 prestações. A data representa a última festa comemorativa antes do Natal e, por isso, dá ao mercado de consumo as primeiras impressões de como será o desempenho das vendas no final do ano.

Fonte: Sistema CNDL

#

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.