Em novo decreto anunciado pelo Governo de Pernambuco, realizado no último sábado (15), medidas restritivas mais intensas serão adotadas na 2ª Macrorregião de Saúde – que abrange a IV e V Geres, com sedes em Caruaru e Garanhuns respectivamente. Com validade até o dia 31 de maio, as medidas foram publicadas nesta segunda (17) e passaram a valer na terça (18), sendo vedado o exercício das atividades econômicas das 18h às 05h, de segunda a sexta e durante todo o sábado e domingo.

BAIXE AQUI O DECRETO.

Para o Presidente da FCDL-PE, Eduardo Catão, o comércio está mais uma vez em uma situação delicada, sem ter ainda se recuperado da crise iniciada em 2020 pela pandemia. “Nossa preocupação com a saúde das pessoas sempre esteve presente em nossas ações. Estamos cumprindo desde sempre com todos os protocolos de segurança e investindo em campanhas educativas e de incentivo à vacinação”, ressalta.

Ao longo do último ano, a Federação, as CDLs, a CNDL e as empresas de um modo geral, vêm contribuindo de forma significativa para proteger a sociedade dos desdobramentos ocasionados pela Covid. Foram realizadas distribuição de máscaras de proteção, álcool em gel e álcool 70%, cestas básicas com alimentos não perecíveis e produtos de higiene pessoal e de limpeza, roupas, materiais de campanhas educativas e até mesmo respiradores. A adesão ao Unidos Pela Vacina, movimento idealizado por representantes do comércio, é mais uma maneira de contribuir com a corrente do bem que objetiva a imunização de toda a população.

Segundo o Presidente da CDL Caruaru, Adjar Soares, uma outra preocupação recorrente tem sido a manutenção dos empregos dos trabalhadores do setor. “Estamos percebendo cada vez mais pessoas pedindo ajuda nas ruas e empresas se vendo obrigadas a demitir seus colaboradores por falta de caixa, com a queda iminente das vendas. Mas lojas não são responsáveis pelas aglomerações. Nós precisamos de medidas mais eficientes nos pontos de ônibus, nas lotéricas, nos bancos e até mesmo em locais de vacinação, onde estão as pessoas que mais precisam de proteção neste momento”, explica.

#

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.