É com bastante preocupação que a FCDL-PE recebe a notícia de que medidas mais duras foram decretadas pelo Governo do Estado de Pernambuco, nesta segunda-feira (15). É preciso, sim, salvar vidas, mas sem deixar de prestar atenção na economia. Mesmo com a união do Movimento Pró-Pernambuco (MPP), com todas as entidades representativas do Estado, não foi possível reverter a decisão do governador.

O varejo ainda não se recuperou das baixas acometidas no ano passado e, com o novo direcionamento, muitas empresas terão maiores problemas, trazendo mais desemprego à população. Esperamos continuar fazendo a nossa parte, tomando todos os cuidados necessários.

#

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.