Juntos somos mais fortes!

A Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de Pernambuco (FCDL-PE) e as suas Câmaras dos Dirigentes Lojistas (CDLs) tomam todos os cuidados para que os seus associados estejam preparados para reabrir o comércio com segurança. 

Um rico material com vídeos, cartilhas, cartazes e recomendações foi distribuído para todos os comerciantes ligados à entidade, seguidos de orientações sempre enaltecendo a importância dos cuidados com a higienização adequada e distanciamento social que precisamos para combater o contágio do COVID-19.

Confira o vídeo para compartilhamento:

BAIXE AQUI A CARTILHA DE ORIENTAÇÕES!

Escreva o nome do seu estabelecimento e se junte a nós nesta corrente do bem!

Além disso, vale dizer que haverá fiscalização. De acordo com o último decreto estadual, ela será feita em conjunto entre o governo local e prefeituras, incluindo a aplicação de multas, autuação ou fechamento do estabelecimento aos que porventura não cumpram as regras. Confira as orientações estaduais:

DISTANCIAMENTO SOCIAL

➡️ Manter pelo menos um metro e meio de distância entre colaboradores, clientes e indivíduos em geral;

➡️ Escalonar intervalos de horários de refeição, de modo a evitar aglomeração;

➡️ Evitar o compartilhamento de utensílios de uso pessoal, equipamentos e ferramentas de trabalho, como canetas, telefone celular, trenas, entre outros;

➡️ Organizar a equipe em grupos ou equipes de trabalho para facilitar a interação reduzida entre os grupos. A organização de funcionários em pequenas equipes ou grupos de trabalho no caso de um funcionário apresentar sintomas da COVID-19;

➡️ Os trabalhadores pertencentes ao grupo de risco (com mais de 60 anos ou com comorbidades de risco, de acordo com o Ministério da Saúde) devem ser objeto de atenção especial, priorizando a sua permanência na própria residência em teletrabalho ou trabalho remoto;

➡️ Evitar contato muito próximo como apertos de mãos, beijos ou abraços;

➡️ Demarcar no chão o espaço das filas, de modo a garantir a distância mínima de um metro e meio entre os clientes;

➡️ Inserir uma barreira física de proteção entre clientes e atendente. Quando não for possível, demarcar no chão o espaçamento entre o cliente e o balcão, de modo a manter uma distância mínima entre cliente e atendente.

Vale ressaltar ainda que as atividades definidas como essenciais em Pernambuco representam 71% do PIB de do estado. 


#

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *