Tecidos e aviamentos são necessários para produção de máscaras de proteção.

Após decreto publicado pelo Governo do Estado de Pernambuco, na última sexta-feira (24), lojas de tecidos e aviamentos do interior puderam reabrir, desde que seguidas as recomendações de saúde.

A decisão partiu da necessidade da fabricação em alta demanda de máscaras de proteção que precisam ser utilizadas pela população para inibir o contágio do Novo Coronavírus (COVID-19). Desse modo, a FCDL recomenda que todas as CDLs orientem seus associados do setor.

A medida faz parte de um plano de incentivos para produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), já que a cadeia produtiva local deve funcionar em algum nível para viabilizar a elaboração desse material. Vale ressaltar ainda que o uso desses equipamentos é essencial para o enfrentamento da pandemia. 

Por isso, desde o dia 27 de abril de 2020 a utilização das máscaras passou a ser obrigatória aos servidores, empregados e colaboradores nos órgãos públicos estaduais e nas empresas que estejam autorizadas a funcionar. De modo geral, a recomendação do estado é que todas as pessoas tenham bom senso e também adotem o parâmetro. 

Segundo o Presidente Bruno Bezerra, da CDL Santa Cruz do Capibaribe, em seu município, a entidade tem feito recomendações sanitárias rigorosas. “É isso que o momento pede. Não podemos deixar margem para o contágio nessa oportunidade de colaborar com o combate ao coronavírus”, explica.

Em todas as CDLs do Estado de Pernambuco as orientações estão sendo devidamente seguidas. Como exemplo, a unidade de Petrolina nos disponibilizou a lista de medidas que estão sendo tomadas:

  • Distanciamento de pelo menos um metro entre as pessoas;
  • Disponibilização de água e sabão ou álcool em gel para higienizar as mãos constantemente;
  • Higienização constante do local;
  • Recomendação para recolher a roupa usada assim que chegar em casa, separando-as das outras;
  • Limitação da entrada de clientes.

Esse é apenas um dos muitos exemplos da importância do papel das CDLs na reconstrução da nossa sociedade. Juntos somos mais fortes!

#

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *