A Federação das CDLs de Pernambuco, por meio do Sebrae Nacional e a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), promove nesta quarta-feira (24) a edição pernambucana do Políticas Públicas 4.0. O evento será realizado no Hotel Fazenda Monte Castelo, em Gravatá, e contará com a presença dos líderes de mais de 30 CDLs do Estado.

O Políticas Públicas 4.0 é uma ação da CNDL que nasceu do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV). A partir do entendimento do papel das entidades como representantes legítimas das demandas e necessidades do segmento varejista, surgiu a necessidade da capacitação dos líderes lojistas para as novas formas de dialogar com o poder público. 

Com isso, o trabalho desenvolvido visa que as lideranças do movimento lojista atuem como protagonistas nos municípios, lado a lado com o poder público, na elaboração e articulação de Políticas Públicas com impacto nas micro e pequenas empresas do setor de Comércio e Serviços.

A capacitação será guiada por Eduardo Fayet, empresário, professor e especialista em RIG. Ele revela que o foco da sua atuação no Políticas Públicas 4.0 será equipar os líderes do setor com técnicas que podem ser utilizadas nas relações institucionais e governamentais nos seus estados.

“São práticas corriqueiras em um mercado livre que tratam da relação da iniciativa privada com o Estado, não só com os governos. Essas práticas atendem a interesses diversos que podem ir desde a liberação de um simples alvará até a formulação de políticas públicas mais fundamentais que vão impactar na produtividade do negócio”, explica.

Fayet explica que o Brasil ainda é uma democracia jovem e que é importante desenvolver essas práticas dentro dos referenciais de ética, moral e seguindo as leis vigentes no país. “As ações de RIG no meio empresarial são fundamentais para colocar as demandas de forma adequada e receber respostas adequadas. As empresas devem conhecer bem o cenário, o governo pode ajudar na regulação do ambiente competitivo”, alerta.

Advogado com vasta experiência em relações institucionais, Murilo Mori também conduzirá a qualificação de lideranças. Ele acredita que a iniciativa é essencial para o setor. “Uma iniciativa aparentemente isolada pode, de repente, modificar completamente o rumo dos negócios. No caso do varejo, uma alteração em lei ou proposta pode afetar diretamente os negócios. Então, é muito importante ter um acompanhamento diário de novas propostas no âmbito do Legislativo e do Executivo e, mais que isso, saber o que fazer, como atuar para defender os seus interesses legitimamente sempre dentro da lei, das normas e de princípios éticos”, afirma.

Com informações da CNDL

#

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.