A cidade de Macaparana há três anos foi vítima de uma explosão de banco. Desde então, a agência bancária do município esteve fechada e a população sofrendo com o problema. Através da Câmara de Dirigentes Lojistas do município a agência do Banco do Brasil foi reaberta esta semana.

Desde que houve o crime contra a agência a CDL se mobilizou para tentar a reabertura. Dois meses após o crime, a entidade organizou uma passeata na cidade para cobrar agilidade na reabertura do banco. Recentemente também foi organizado um abaixo-assinado na cidade que recolheu cerca de duas mil assinaturas de comerciantes e cidadãos do município.

O documento foi encaminhado para políticos que tiveram votação expressiva na cidade como o deputado federal Tadeu Alencar (PSB), que enviou uma carta a Brasília, requerindo a abertura do banco. O deputado estadual Antônio Moraes (PSDB) também foi acionado e intermediou a negociação entre a CDL e a superintendente do Banco do Brasil Shirlei Parise, que prontamente agilizou a reintrodução da agência na cidade. A CDL também está formalizando o conselho de segurança requerido pelo Banco do Brasil.

Presidente da CDL Macaparana em reunião com a superintendente do Banco do Brasil

Segundo o presidente da CDL Macaparana Cláudio Cavalcanti, o banco na cidade era de extrema importância para todo a população. “Até então as cidades vizinhas a Macaparana tinham que ir para Timbaúba para fazer movimentação de dinheiro. Nisso, havia muitos assaltos na estrada. Ter a agência na cidade, além de evitar isso, vai fazer com que as pessoas do município e das cidades adjacentes venham consumir aqui em Macaparana, o que ajuda a fortalecer o nosso comércio”, explicou Cláudio.

#

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.