O 14º Encontro de Comunicadores do Sistema CNDL, realizado na quinta-feira (28), em Brasília, reuniu 33 profissionais de 18 estados para discutir as iniciativas previstas para a gestão 2018-2020 e o papel da comunicação integrada na construção dessas ações.

O presidente da CNDL, José César da Costa, abriu o evento falando sobre os três pilares que guiarão os trabalhos da diretoria nos próximos anos: união, proximidade e inovação. “Nosso objetivo é somar forças para crescer. Temos consciência de nossa força e do potencial de desenvolver ainda mais o setor”, afirmou.

Sobre o papel dos comunicadores, o presidente reforçou a necessidade da integração para que a atuação da CNDL seja divulgada a todos os públicos de interesse. “O trabalho de cada um de vocês é fundamental para levar informações de qualidade até a ponta, e é aqui que começamos a traçar caminhos de inovação e engajamento para a construção de um Sistema ainda mais forte”, destacou José César.

O superintendente da CNDL, Marco Antônio Corradi, apresentou o planejamento estratégico da gestão. “É necessário que estejamos fortes, unidos, juntos. Estarmos juntos é estarmos fortes. Este trabalho envolveu mais de 80 líderes entre janeiro e março para colher subsídios para o planejamento estratégico. O documento fará com que essa gestão tenha seu objetivo alcançado, somar forças para crescer”.

O período da tarde foi reservado para o SPC Brasil. O superintendente de Novos Negócios e Inovação, Magno Lima, apresentou a nova visão estratégica da entidade. “Até 2021 queremos ser uma plataforma integradora de cadastro, certificação e produtos. Essa visão foi desenvolvida a partir de muito benchmarking, muita troca de conhecimento e de experiências, ouvimos as pessoas, equipes operacionais e estratégicas, e estamos construindo esse futuro colaborativamente”, disse o executivo. “Estamos transformando nosso DNA, fortalecendo quem somos”, explicou.

O gerente e a coordenadora de Marketing do SPC Brasil, Felipe Secol e Sabrina Sandoval, falaram sobre marketing digital e a evolução da internet no varejo. “Cada vez mais o universo físico e o online não são separados. Não existe mais barreira nem estratégias separadas. Existe o multicanal, o ‘always on’. O consumidor está conectado o tempo todo”, argumentou Sabrina Sandoval. “O canal não é mais o problema. O mais importante é pensar o consumidor no centro da nossa estratégia, em primeiro lugar”, destacou a coordenadora.

“É muito difícil se diferenciar nas redes sociais porque há muito conteúdo, gerar esse engajamento é complicado mesmo. Para se destacar é preciso, entre outros aspectos, compreender a audiência e se arriscar um pouco”, mencionou Felipe Secol.

O encontro foi fechado com uma apresentação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, que trouxe um panorama dos indicadores e estudos produzidos pela entidade, e como as informações podem contribuir para as estratégias de comunicação e geração de mídia espontânea. Ela também mostrou como dados do site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) podem ajudar na rotina dos comunicadores. “Os dados podem ser usados no relacionamento com a imprensa, em sugestão de pautas e ainda para apoiar a criação de estratégias de comunicação”, sugeriu a executiva.

Fonte: CNDL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *