Nessa segunda-feira (23), a FCDL-PE e a CDL Recife promoveram o Encontro de CDLs de Pernambuco, na casa de eventos Di Branco, no Recife Antigo. Além de presidentes e diretores das entidades de todo o estado, o evento contou com a presença do governador Paulo Câmara, do prefeito do Recife, Geraldo Júlio, e de deputados estaduais como Tony Gel.

Paulo Monteiro, diretor do Centro de Apoio ao Lojista, foi o mestre de cerimônia do evento. O presidente da CDL Recife, Cid Lobo, abriu a série de discursos da tarde.

O presidente da FCDL-PE, Eduardo Catão, ressaltou a importância da parceria do poder público com o movimento lojista, principalmente no quesito segurança do consumidor e do lojista. O presidente da CDL Caruaru, Adjar Soares, discursou representando as CDLs do Agreste e o 4º vice-presidente da FCDL-PE, Francisco Mourato, falou em nome das entidades do Sertão do Pajeú. Ambos também enfatizaram o crescimento do sentimento de segurança nos centros de compras das cidades do interior.

Em seu discurso, o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, reforçou os diálogos que mantém com a CDL Recife e a FCDL-PE para fomentar o comércio da cidade. “O que vocês [movimento lojista] querem é o que nós queremos também: que a cidade cresça, que tenha um comércio mais pujante e vocês possam fazer mais negócios e gerar mais empregos”, disse o prefeito. Geraldo Júlio ainda salientou a importância da valorização ao micro, pequeno e médio negócio na cidade e no estado.

O prefeito destacou ainda o aumento de 6% nas vendas do último Natal. “Nós nos reunimos muitas vezes para saber o que poderia ser feito nesse momento tão importante em que o Brasil discute um pouco da retomada da economia. Nós estávamos preocupados aqui em não apenas empregar e fazer mais negócios no mês de dezembro, mas também de como o Natal mostraria a perspectiva do ano que vem”, afirmou.

Já em sua fala, Paulo Câmara expôs as ações do governo. Falou do crescimento de 10% da saúde, das obras nas estradas como a BR 101 que beneficia o polo produtivo de Caruaru e região, além do aumento da segurança com um investimento de R$ 4,2 bilhões, que colocoram no estado um total de 2800 policiais militares e 1200 policiais civis. Em seu discurso, o governador ainda afirmou que pretende reforçar o policiamento nas cidades em períodos de datas comemorativas que atraem um maior fluxo de consumidores no comércio.

Galeria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *