Após inúmeras reuniões na Secretaria da Fazenda de Pernambuco, empresários de Santa Cruz do Capibaribe conseguiram mostrar ao Governo do Estado a inviabilidade no aumento do ICMS, proposto nas últimas semanas. Entre idas e vindas, reuniões e muitos argumentos, o Governo do Estado entendeu que é preciso uma política tributária diferenciada para o Polo de Confecções de Pernambuco. Representando essa conquista, estiveram presentes a CDL local, Moda Center, Acap, Ascont, entre outras.

O Diretor de Empreendedorismo e Desenvolvimento da CDL de Santa Cruz do Capibaribe, foi um dos empresários que defendeu essa diferenciação do ICMS para empresários da cidade e da região. As reuniões contaram com a presença dos prefeitos de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, e de Taquaritinga do Norte, Lero.

Bruno Bezerra, diretor da CDL Santa Cruz resumiu a conquista “Numa resposta rápida, bem articulada e fundamentada com argumentos mercadológicos por parte das entidades que fazem a economia do Polo de Confecções, conseguimos reverter o aumento do ICMS para empresas [tecidos, confecções e armarinho] do SIMPLES que atuam no Polo de Confecções com fornecedores de outros estados. O Governo do Estado entendeu os argumentos e atendeu o pleito das entidades. Vamos seguir agora com o trabalho junto ao Governo do Estado focado na implantação do Expresso da Moda, que será mais uma importante conquista com ganho de competitividade para Santa Cruz do Capibaribe e o Polo de Confecções e empreendedorismo do agreste pernambucano”, explicou Bruno.

 

Fonte: CDL Santa Cruz de Capibaribe

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.