O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, se reuniu, nesta quarta-feira (28), com a Diretoria do Banco Central do Brasil (BACEN), em Brasília, para tratar dos principais meios de pagamentos utilizados pelo comércio, em especial, o cartão de crédito. A chefe do Departamento de Regulação do Sistema Financeiro, o chefe do Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos e o diretor afirmaram que é objetivo do Banco Central ter uma regulamentação que desestimule a exclusividade.

A pauta do encontro envolveu quatro temas:

  1. A descentralização do pin pad;
  2. Quebra da exclusividade da adquirência;
  3. Possibilidade dos bancos liberarem os créditos dos lojistas num prazo menor que 28 dias, nas compras do cartão de Crédito.
  4. Liberação dos recebíveis do cartão de crédito para que os lojistas possam fazer novas antecipações do capital de giro;

Segundo os representantes do Banco Central, outros temas estão sendo discutidos em um fórum promovido pela instituição e, a partir desta reunião, o BACEN passará a convidar a CNDL e outras entidades para participarem do debate e aperfeiçoarem o mercado de cartão de crédito no Brasil.

Também estiveram presentes o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Paulo Solmucci; da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Fernando Yamada; da Associação Nacional do Comerciante de Material de Construção (Anamaco), Cláudio Conz; além do presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), George Pinheiro.

 

Texto: CNDL

No responses yet

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de email não será publicado.